José Lopes Nei

Conselheiro Tutelar eleito para o mandato de 2020-2023 em Araraquara. Agente Social, produtor cultural, MC e compositor de Rap. Militante da cultura Hip Hop há 20 anos, atua com a Defesa dos Direitos Humanos com foco nos Direitos da Criança e Adolescentes e politicas públicas para juventude.

Hortênsias: sitiado e condenado pelos olhos do preconceito!

2 minutos No último domingo (30) acompanhamos o caso da tragédia que aconteceu nos Jardins das Hortênsias, zona leste de Araraquara. Tivemos um jovem morto e outro gravemente ferido por disparos de arma de fogo. Após o ocorrido, encapuzados atearam fogo em um ônibus que serve ao transporte coletivo que atende o bairro e agrediram atendentes do SAMU. Ainda não se sabe o que motivou o crime, mas precisamos discutir esse caso. Nos últimos anos estamos acompanhando a aumento da criminalidade e a organização Continue lendo

Manos e Minas já era! Bola pra frente!

2 minutos Nos últimos dias nos deparamos com o fim do programa “Manos e Minas” veiculado todos os sábados pela TV Cultura. O programa estava no ar há mais de 10 anos, começou com apenas um quadro no programa “Vitrine” da mesma emissora e depois de alguns anos se tornou um programa na grade regular. Vários nomes já passaram pelo programa, nomes de peso no Rap Nacional e da música preta. Manos e Minas estava sendo apresentado pela atriz Roberta Estrela D’Alva depois de Continue lendo

Poesia, amor e subversão. Live acontece hoje (15) no Facebook

Poesia, amor e subversão. Live acontece hoje (15) no Facebook

menos de 1 minuto Tadeu Marcato é professor de Filosofia e atua na Secretária de Educação (SP). Desenvolve desde 2018 o projeto “Ensino de Filosofia: A poesia e a Filosofia como ferramentas para a emancipação do indivíduo com foco na prevenção à dependência química”. É poeta e escritor autor de quatro obras: Maiêutica poética (2015); Descompasso (2016); Descanso do caos (2017); I Antologia poética ALR (2019) – esta última, fruto de um trabalho realizado em sala de aula com alunos do Ensino Médio. Em Continue lendo

“É nas coletividades que encontramos reservatórios de esperança e otimismo.”Angela Davis

“É nas coletividades que encontramos reservatórios de esperança e otimismo.”Angela Davis

1 minuto No último dia 06 de outubro saímos vitoriosos no processo eleitoral para escolha dos novos conselheiros tutelares de Araraquara. Foram 30 dias de muita caminhada, de muito diálogo, que possibilitaram levar um importante debate às várias comunidades do município sobre a importância do ECA e do Conselho Tutelar. Foram dias muito intensos e ricos, que se deram por meio de trocas de conhecimentos, experiências, de lutas. Sou muito grato por cada pessoa que me ajudou, que me apoiou diante do desafio de Continue lendo

Porque precisamos do Bolsa Cidadania em Araraquara

Porque precisamos do Bolsa Cidadania em Araraquara

Quem percorre as periferias da cidade sabe que esse projeto é importante e necessário para possibilitar oportunidades a centenas de famílias que vivem a margem da sociedade, ou seja, que vivem em vulnerabilidade social.

Pensar em um país justo é ter a criança e adolescente como prioridade

Pensar em um país justo é ter a criança e adolescente como prioridade

3 minutos Não podemos admitir que usem crianças e adolescentes para produzir discursos de ódio. Pensar eu um país justo é ter a criança e adolescente como centro das políticas e articulações, é pensar políticas públicas que integre a família e, dessa forma, possibilitar o melhor desenvolvimento desses. Mas o que estamos vendo é exatamente o contrário, estamos observando de camarote o desmonte das políticas públicas conquistadas com muita luta popular.  Acompanhamos diariamente as pérolas de um desgoverno que está perdido em meio a Continue lendo

Racismo: como falo para minha filha que ela é preta?

Racismo: como falo para minha filha que ela é preta?

4 minutos Nas últimas semanas acompanhamos com toda indignação o caso do empresário Crispin Terral, homem negro que enfrentou o racismo de forma violenta no banco público Caixa Economia Federal. Sabemos que toda forma de racismo é violenta e letal, entretanto temos aqui no Brasil o método mais violento do mundo: o racismo velado. Outro caso que chocou e mobilizou o movimento negro foi a morte de um menino (em respeito não vou citar seu nome aqui) no Hipermercado Extra. Bom, você deve se Continue lendo

Adolescentes e Cinema, construindo cidadania

Adolescentes e Cinema, construindo cidadania

menos de 1 minuto #Documentário “NAQUELE TEMPO”, produzido pelo grupo de adolescentes que frequenta a unidade do CRAS Cecap. Tive a oportunidade de construir esse projeto junto com a equipe do CRAS e esses jovens maravilhosos de grande sensibilidade e criatividade. O documentário retrata a história dos bairros do Cecap e Iguatemi, zona sul de #Araraquara, por meio do olhar de mulheres fortes, sensíveis e com #histórias incríveis. Adolescentes e mulheres participam de grupos de convivência e fortalecimento de vínculo do CRAS CECAP. Dessa Continue lendo